Artigos

Não vote nulo

Nestas eleições, seu voto pode fazer diferença. Não vote nulo, vote consciente

Não vote nulo. Não esqueça que é por meio do voto que escolhemos nossos representantes, aqueles que vão administrar as contas públicas do estado, país, e da cidade. É por meio do voto que determinamos o futuro da nossa democracia e da nossa economia. É por meio dele, ainda, que depositamos a esperança de um país melhor, com uma inflação estável e com geração de emprego e renda.

O voto é um direito constitucional. É a livre expressão da vontade de cada cidadão. E votar nulo ou em branco também é uma opção legítima, tanto é que há a possibilidade nas urnas. Mas vou dar sete motivos para você não anular seu voto nas eleições de 2022.

1. Seu voto pode fazer muita diferença!
Você sabia que, nas últimas eleições, quase metade dos brasileiros não votou, ou votou branco/nulo? Esse número seria mais que suficiente para ter garantido um resultado bem diferente nas urnas. Se você quer um país com mais oportunidades, com mais escolas, com mais hospitais e mais segurança, não deixe de votar. Faça a sua escolha e vote em quem o representa e representa a sua comunidade.

2. Voto nulo não anula a eleição!
Ainda que o voto nulo e branco seja um direito seu, a eleição só seria anulada se houvesse alguma fraude no meio. Nosso sistema eleitoral, apesar de todos os boatos, é extremamente forte e robusto, o índice de fraude é baixíssimo. Então… se muita gente votar nulo sabe o que vai acontecer?? Nada. Não cancela eleição….

3. Há uma maneira melhor de protestar
Se você está cansado da polarização, não acredita mais na política, se acha que tudo o que está aí é muito errado, e decidiu não comparecer nas urnas pois não quer nem um, nem outro, considere que há uma maneira melhor de mostrar a sua indignação: escolher candidatos que vão de fato mudar a política por dentro. Proteste, escolhendo os melhores candidatos para representar você.

4. Se você não votar em alguém de bem, o lugar pode ser ocupado por alguém do mal
Só aumenta a chance de um candidato péssimo, e tem muitos, conseguir se eleger mesmo com uma votação ridícula. E neste momento em que estamos, o maior perigo é gente ruim continuar no Congresso.

5. Você só está facilitando os políticos se elegerem
Quando você anula seu voto ou vota em branco para deputado federal ou deputado estadual, o número de votos que entrarão na conta da eleição diminuirá, diminuindo também o quociente eleitoral. Ou seja, um candidato precisará de menos votos para se eleger. Certeza que isso é o oposto do que você queria, né?

6. A multa por não votar alimenta o Fundo Partidário
A abstenção, ou seja, não ir votar nas eleições, alimenta o sistema eleitoral! Se você resolve não ir votar e apenas pagar a “multinha”, saiba que o dinheiro dessas multas eleitorais são totalmente revertidos para o Fundo Partidário, que financia atividades dos 35 partidos políticos brasileiros (menos o Novo, que não usa Fundo Partidário).
Ou seja, pagar a multa como forma de boicote à eleição não boicota nada de verdade, pois estas financiam o sistema político-partidário.

7. Não deixe os outros escolherem por você
O seu futuro está nas suas mãos. O voto é nossa maior arma! Os votos nulos/brancos podem definir a eleição. Acredite na mudança e faça sua parte, vote consciente. Não deixe os outros escolherem por você.


Qual a diferença entre o voto branco e o voto nulo?

O voto nulo é aquele em que o eleitor manifesta a intenção de anular seu voto por não concordar com as propostas de nenhum dos candidatos.
Já o voto em branco, é, geralmente, usado pelo eleitor que não decidiu seu voto e, assim, optou por deixá-lo em branco.
Os votos nulos e brancos acabam constituindo apenas um direito de manifestação de descontentamento do eleitor, não tendo qualquer outra serventia para o resultado do pleito eleitoral. O efeito prático dos dois tipos é o mesmo: inócuo.