Artigos

Auxílio Emergencial à Cultura

A deputada federal Adriana Ventura (NOVO-SP) sabe da importância da cultura para nossa nação. A parlamentar votou contra o PL 1075/20 – “auxílio à cultura” durante a pandemia, porque, o foco do Estado deveria ser saúde, segurança, educação, e especialmente naquele período, no combate à COVID-19.

Quando se vive no vermelho, você prioriza os pagamentos. Então, se utilizar o recurso para a cultura, evidentemente faltarão recursos em saúde, segurança e educação. Durante a pandemia, em muitos lugares, houve falta de recursos mínimos para o tratamento, como sedativo para pessoas em UTI. A deputada e o partido Novo acreditaram, que naquele momento pandêmico, o melhor para o país era investir o máximo possível na melhoria da saúde.

Vale ressaltar, que em 2020, à época das discussões do auxílio para o setor da Cultura durante a pandemia, a congressista fez diversas reuniões com a relatora para buscar melhorias no texto (exemplo: exigência de contrapartidas, maior transparência e fonte de custeio), e também propôs emendas que foram rejeitadas.

Não obstante o voto contrário ao projeto, a deputada reforça o compromisso com a valorização da cultura no Brasil.