Artigos

Piso da enfermagem

A deputada federal Adriana Ventura (NOVO-SP) votou contra o PL 2564/2020, que estabelece um piso para a enfermagem. Para ela, ao fixar um piso nacional para uma categoria sem considerar os fatores econômicos, o PL induz ao desemprego e inflação. Além disso, pode colocar em risco o funcionamento da saúde pública e privada. O impacto estimado com a implantação deste novo piso para a enfermagem é de 16,3 bilhões de reais, sendo 5,8 bilhões para o setor público e 10,4 bilhões para o setor privado. Vale ressaltar, que a medida afeta principalmente pequenos municípios e instituições de menor porte, por desconsiderar diferenças econômicas e regionais.

Por exemplo, após a sanção do Piso, são diariamente publicadas matérias nas mídias, em praticamente todas as regiões do país, de hospitais filantrópicos e até instituições de longa permanência, que estão demitindo enfermeiros(as), ou outros profissionais, por não darem conta de arcar com o novo salário da categoria. A deputada reforça a importância e relevância dos enfermeiros para o país, o que ficou ainda mais evidente no período pandêmico, porém, em situações como esta, é preciso analisar a consequência de forma ampla.

Veja artigo da Deputada sobre o tema.